Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Vitamina C aumenta a imunidade? Veja alguns mitos e verdades sobre ela

A chegada do tempo frio desperta em muitas pessoas a preocupação com a saúde. Por isso, nada melhor que apostar em hábitos saudáveis e não se expor ao risco, com o objetivo de evitar gripes e resfriados. Nesse sentido, muitos querem saber se a vitamina C aumenta a imunidade.

Então, continue conosco e conheça mais das características dessa importante vitamina nos tópicos abaixo. Você verá o quanto ela é necessária e pode favorecer a sua qualidade de vida. Boa leitura!

A vitamina C aumenta a imunidade?

Verdade. Em suma, ela é comprovadamente um ótimo antioxidante e ajuda na regulação do metabolismo. Além disso, ela combate a oleosidade da pele e traz outros benefícios. Por exemplo, a prevenção de deficiências de ferro e a redução do risco de doenças cardíacas e do ácido úrico no sangue.

Além disso, ela é necessária para a formação dos vasos sanguíneos, cartilagem, músculo, colágeno dos ossos e para o processo de cura do corpo.

Esses são apenas alguns dos bons motivos para investir na vitamina C, cuidando da sua saúde e do seu bem-estar.

Se a vitamina C aumenta a imunidade, ela impede resfriados e gripes?

Mito. De fato, a vitamina C aumenta a imunidade, assim como a vitamina D e o zinco. No entanto, ela não impossibilita o ser humano de ficar gripado ou resfriado. Em síntese, ela alivia os sintomas e fortalece o sistema imunológico. Por outro lado, você precisa ter cuidado, porque o consumo em abundância expõe o indivíduo a situações de risco.

Em todo caso, o ideal é respeitar os níveis adequados a cada indivíduo. Em relação à Covid-19, não há relação entre a vitamina C e a prevenção da doença. É bom lembrar que não existem medicamentos para a cura do novo coronavírus. Portanto, continue reforçando o distanciamento social, o uso de máscaras e álcool em gel, mesmo após receber a vacina.

Deve-se suplementar vitaminas sempre?

Mito. Nosso corpo depende da presença de determinadas vitaminas e minerais. No entanto, existe um limite para não prejudicar a absorção pelo organismo. Portanto, é importante o acompanhamento com um profissional especializado. Desse modo, só aposte na suplementação após recomendação médica.

Entretanto, não basta apenas o consumo. Diariamente, o indivíduo precisa seguir uma alimentação equilibrada e uma rotina de exercícios. Essas mudanças podem ser um grande desafio no começo, porém, tudo é uma questão de costume. Dessa forma, é fundamental dar os primeiros passos em busca de uma melhor qualidade de vida.

A combinação de alimentos pode prejudicar a absorção de nutrientes?

Verdade. Até agora você percebeu que a vitamina C aumenta a imunidade, além de outros benefícios, como retardar o envelhecimento da pele e promover a saúde dos olhos. Em resumo, ela pode ser encontrada em determinados alimentos, como laranja, morango, limão e outras frutas críticas. A batata-doce, o espinafre, a couve-flor e os brócolis também são grandes fontes desse nutriente.

Entretanto, há certas combinações que prejudicam a absorção de nutrientes. É o caso da mistura do café com o leite, haja vista que a cafeína dificulta a absorção de ferro e cálcio, tendo essas substâncias a vitamina C como precursora, atuando em sua absorção e armazenamento. Outros exemplos são a ingestão de carne vermelha e refrigerante ou o consumo de queijo e peito de peru.

Veja quantos benefícios da vitamina C:

  • Atua na proteção das células contra os efeitos dos radicais livres;
  • Ajuda na absorção e armazenamento do ferro – por esse motivo, o consumo de frutas, como a laranja, após o almoço costuma ser recomendado por médicos e nutricionistas;
  • Ameniza os efeitos do resfriado;
  • Ajuda na formação dos vasos sanguíneos, cartilagem, músculo e colágeno dos ossos;
  • Contribui para a imunidade e o processo de cura do organismo.

Então, gostou de saber mais sobre os mitos e verdades da vitamina C? Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais assuntos relacionados a sua saúde e bem-estar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima