Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Saiba como não fugir da dieta no inverno e manter o gerenciamento de peso

Quer saber como fazer dieta no inverno? Afinal, este é um período bem difícil para quem tem uma alimentação restrita ou busca gerenciar o peso. Na verdade, a explicação para isso é bastante simples. Durante o inverno, a fome aumenta por conta do maior gasto de energia do corpo para manter a temperatura natural.

Porém, é essencial manter a alimentação saudável em todas as épocas do ano, de modo a garantir a saúde e o bem-estar, além de manter as medidas ideais.

Então, é isso que este artigo vai te mostrar. Entenda como fazer dieta no inverno, mantendo a alimentação equilibrada e sabendo driblar as tentações!

É normal sentir mais fome no inverno?

Os dias frios chegam e trazem com eles a constante preocupação de pegar doenças virais ou resfriados. Para evitá-las, é interessante não se descuidar da pele, manter a hidratação e preservar a alimentação equilibrada, mantendo o sistema autoimune forte.

Entretanto, qual o motivo que leva a sentirmos mais fome no inverno? Na realidade, esse fenômeno acontece porque o corpo gasta mais energia em busca de prevalecer o seu aquecimento. Logo, toda essa energia precisa ser reposta. Com isso, aumenta-se a vontade de comer, sobretudo alimentos mais calóricos.

Como bem sabemos, ter bom apetite é um hábito muito natural. No entanto, pessoas que passam por gerenciamento de peso costumam sofrer com algumas questões e especificamente esse período simboliza um grande desafio para elas. Desse modo, é fundamental saber como fazer dieta no inverno e agir de maneira assertiva nessa ocasião.

Como manter a dieta e comer bem no inverno?

Normalmente, os dias frios e chuvosos não animam as pessoas a saírem de suas residências. Elas preferem ficar em casa, curtir uma programação caseira e se deliciar com confort foods, aqueles alimentos que nos trazem uma sensação de prazer e conforto. Entretanto, eles nem sempre fazem bem à saúde ao serem consumidos em excesso.  

A compulsão alimentar nessa época do ano costuma ser mais comum, atrapalhando o processo de gerenciamento de peso. Diante disso, é essencial manter o equilíbrio entre a mente e o corpo, bem como ser responsável pelo que se consome. Sob esse ponto de vista, é interessante conhecer o valor nutricional das comidas que escolhemos e preparamos.

Desse modo, é possível fazer uma reeducação alimentar e apostar em uma dieta rica em vitaminas e minerais, que mantêm o bom funcionamento do nosso organismo. Antes disso, procure um nutricionista e, em seguida, siga as dicas abaixo que vão agregar muito valor no alcance do seu objetivo.

Substitua alimentos típicos do inverno por opções mais saudáveis

Alguns alimentos são típicos do inverno. Provavelmente, o chocolate quente é o maior exemplo, assim como os doces e as massas. Logo, um truque é buscar opções mais saudáveis. Por exemplo, o chocolate quente pode ser trocado por uma versão mais saudável, usando leite desnatado e cacau em pó.

Caso você goste de chá, é uma alternativa melhor ainda de bebida. O de gengibre tem potencial termogênico, que ajuda na regulação da temperatura e gerenciamento de peso. Outras opções são o chá matte, de hibisco e chá-verde.

Além disso, se você gostar muito de um doce, pode trocar as opções com chantilly, chocolate e outros ingredientes mais calóricos, por doces à base de fruta.

Contudo, é importante maneirar no consumo de alimentos açucarados, mesmo assim. Por outro lado, é uma boa dica comer frutas todos os dias.

Também vale a pena apostar em alimentos ricos em fibras. Eles não somente ajudam o intestino a funcionar bem, mas aumentam a sensação de saciedade. Sendo assim, você come menos.

Para complementar as dicas, as massas com molho branco são muito calóricas. Portanto, uma opção com molho de tomate ou à bolonhesa é o mais próximo do ideal.

Prefira alimentos quentes

Mais uma boa dica é priorizar os alimentos quentes. É comum que o consumo de salada seja menor nesta época, então priorize comer legumes, verduras e outros alimentos essenciais, de forma cozida ou refogada.

Neste caso, não existe comida melhor para o frio do que a sopa. Ela é bem quentinha e dá liberdade para você acrescentar o que desejar:

  • Macarrão;
  • Verduras;
  • Legumes;
  • Temperos variados;
  • Mandioca;
  • Batata;
  • Carnes.

Apenas é preciso ter um certo cuidado na moderação, pois é um alimento que fornece calorias como qualquer outro. Priorize os ingredientes mais saudáveis e acrescente as outras opções o suficiente para dar um toque especial.

Ademais, o consumo de mingau é muito pertinente para se manter fiel na sua dieta. Afinal, ele é uma fonte rica de carboidrato e ajuda o corpo a repor energia. Além de melhorar a saúde cardiovascular, ainda ajuda a diminuir o colesterol e é um grande aliado na perda de peso.

Mantenha um bom consumo de água

O consumo de água depende da recomendação do seu médico de confiança. Afinal, cada dieta contempla as necessidades da pessoa, dependendo do seu peso e outras características. Entretanto, normalmente é importante tomar entre 1 e 2 litros de água por dia.

Aliado a isso, dê preferência a alimentos que dispõem de até 80% de água na composição. Por exemplo, melancia, tomate, abobrinha, framboesa e morango.

Não deixe as fibras de lado

As fibras colaboram muito no processo digestivo e ajuda a reduzir os riscos de doenças como a hemorroidas. Portanto, procure focar em receitas cheias de fibras. Por exemplo, pudim de chia, cuscuz marroquino, panqueca de aveia e nhoque de espinafre.

Cuidado com o excesso de açúcar

Neste caso, é essencial fazer substituições inteligentes. Não é necessário agir de maneira restritiva ao açúcar, mas, se preferir, pode investir em outras alternativas como xarope de agave ou mel. Sempre com cuidado para não cometer excessos.

Como fazer dieta no inverno e manter bons hábitos?

Por fim, existem bons hábitos que podem ajudar você a fazer a dieta no inverno. Uma dica essencial é beber água. Em épocas mais frias, é comum não bebermos tanta água, mas é essencial manter a hidratação do corpo, pois é preciso eliminar as toxinas. É possível usar um app, por exemplo, para ajudar a lembrar e controlar o volume de água a consumir.

Finalizando as dicas, fracionar as refeições é uma ótima forma de ajudar a controlar a fome e diminuir o volume de comida consumida. Em vez das 3 refeições básicas, faça 5 ou 6, mas coma um pouco menos em cada uma delas, respeitando a variedade de alimentos e suas composições nutricionais.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe como fazer dieta no inverno, clique aqui para entrar em contato conosco. Nossas fórmulas exclusivas podem ajudar você a gerenciar o peso ainda melhor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima