Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Veja como se prevenir da gripe e dos resfriados no inverno

A chegada do inverno, assim como outras estações do ano, sempre demanda cuidados especiais. Além de roupas apropriadas, protetor e hidratante, é interessante saber como se prevenir da gripe e dos resfriados e investir em medidas para se manter saudável durante todo esse período.

Aliado a isso, apesar da presença das fortes chuvas que impedem a prática de determinados esportes, torna-se necessário se exercitar em casa. Afinal, esta é uma medida que ajuda a melhorar sua qualidade de sono e a fortalecer sua imunidade. É bom lembrar o quanto é importante manter o bom funcionamento do seu organismo para potencializar os sistemas de defesa do corpo.

Dito isso, continue conosco e acompanhe abaixo mais informações sobre este assunto na intenção de você se precaver da maneira correta. Boa leitura!

Quais os diferentes tipos de gripe?

Por conta das baixas temperaturas, algumas pessoas costumam deixar portas e janelas fechadas em busca de evitar o frio. Entretanto, esse fator contribui para a umidade nos locais. Caso esses ambientes sejam frequentados por muitas pessoas, é capaz do vírus da influenza se propagar com mais facilidade.

Aliás, você conhece os diferentes tipos de gripes? Primeiramente, há a influenza tipo A, com os subtipos H1N1, H2N2 e H3N2. Dessa forma, quem os contrai apresenta fortes dores na cabeça, garganta e nos músculos, febre acima de 38°C e congestão nasal.

Já a influenza B é subdividida em Yamagata e Victoria. O indivíduo apresenta os mesmos sintomas que o tipo anterior, por serem influenzas muito comuns nos humanos, apesar das possibilidades de também apresentar calafrios, vômito, fadiga e até pneumonia.

Enquanto isso, a tipo C provoca apenas infecções respiratórias moderadas. Ela não é tão conhecida porque os outros tipos de gripe são os mais contagiosos e responsáveis por propagar epidemias. Em todo caso, a vacinação é a melhor maneira de evitar que os vírus se manifestem de maneira grave no seu corpo.

Qual a diferença de gripe e resfriado?

Enquanto a gripe é mais perigosa e causada pela influenza, os resfriados são mais brandos, sendo provocados principalmente pelo rinovírus. Os seus sintomas incluem tosse, congestão nasal, coriza e dores no corpo. Apesar de causas distintas, ambos têm formas de transmissão parecidas, por isso as medidas de prevenção se assemelham.

O que fazer para prevenir gripes e resfriados?

Além de tomar a vacina da gripe anualmente nos postos de saúde da sua cidade, é interessante praticar estas dicas em relação a como se prevenir da gripe e dos resfriados:

  • primeiro, evite mudanças bruscas de temperatura, que podem comprometer seu mecanismo de defesa;
  • aliado a isso, evite locais fechados, já vez que eles aumentam a transmissão do vírus;
  • mantenha os ambientes de casa ventilados;
  • também não compartilhe objetos pessoais;
  • procure higienizar as mãos com frequência e evite tocar o rosto, sobretudo quando estiver na rua;
  • apesar do avanço na aplicação das vacinas, o uso de máscaras ainda é recomendado em determinados locais.

Assim, é possível diminuir as chances de contrair os tipos de influenza e rinovírus, além de ser uma ótima medida para prevenção da Covid-19. Afinal, a pandemia ainda não acabou e é essencial continuar com alguns protocolos para que possamos chegar cada vez mais perto do final dela.

Para finalizar este conteúdo sobre como se prevenir da gripe e outras infecções respiratórias, gostaríamos de reforçar os cuidados com o corpo e a mente. Além da alimentação, qualidade do sono e prática de exercícios, é essencial cuidar do bem-estar emocional. Isso porque o estado mental também pode influenciar a imunidade do nosso organismo. Portanto, tenha boas práticas de relaxamento e conquiste uma ótima qualidade de vida.

Além disso, é importante ingerir nutrientes que contribuem para o bom funcionamento do nosso organismo e nos previne do surgimento de determinadas doenças. Então, continue conosco e veja alguns mitos e verdades sobre a vitamina C e se ela realmente aumenta a imunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima