Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Principais causas de dores articulares que você precisa saber

Alcançar a longevidade é o desejo de todos nós. Apesar de existirem alguns problemas decorrentes da idade, manter uma vida ativa diminui as chances de sofrermos com determinadas doenças. Uma delas, motivo de muitas queixas, são as dores articulares.

A princípio, muitos acham que elas só aparecem na terceira idade, mas a realidade é que as dores articulares atingem pessoas de diferentes faixas etárias. Por isso, é importante rever certos hábitos cotidianos e valorizar hábitos que melhoram a sua saúde física e mental.

Pensando nisso, vamos conhecer as características das dores mais comuns nas articulações, bem como descobrir quais são os principais tratamentos. Continue conosco e boa leitura!

Artrite

Uma pessoa com artrite sofre muita dor devido à inflamação das articulações. Ela também apresenta bastante dificuldade para movimentar a articulação, principalmente pé, joelhos e mãos. Além disso, é comum apresentar inchaço, vermelhidão e deformação nas partes do corpo acometidas.

Primordialmente, as dores articulares aparecem devido ao desgaste natural. No entanto, essa condição pode ser decorrente da questão genética, excesso de peso ou quando bactérias, fungos ou vírus se instalam na corrente sanguínea e inflamam a região.

De modo geral, o tratamento da doença fica por meio de medicações, o auxílio da fisioterapia e, se estiver em um estágio avançado, é necessário realizar uma cirurgia. Contudo, todas essas medidas passam por recomendações médicas.

Paralelo a isso, pessoas que sofrem desse quadro dispõem de falta de cálcio no organismo. Nesse caso, é interessante investir na suplementação em busca de estabelecer uma melhor qualidade de vida.

Tendinite

A tendinite também ocorre por meio de um processo inflamatório nos tendões que dão apoio aos músculos. Além das dores articulares que podem se espalhar por outras partes do corpo, o paciente apresenta vermelhidão, inchaço e espasmos musculares. Também costuma apresentar dificuldades de se movimentar e de carregar peso.

Na intenção de tratar a doença, é necessário o uso de tipoias ou talas na região e a administração de analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar a dor. Além disso, é fundamental investir em sessões de fisioterapia para melhorar o quadro.

Bursite

Enquanto a tendinite causa inflamação nos tendões, a bursite inflama as bursas. Ou seja, aquelas pequenas bolsas com características de gel que estão sob um tendão. Assim, quem sofre com esse problema apresenta dores articulares devido ao esforço repetitivo ou pelo avanço da idade.

Normalmente, nadadores, tenistas e demais esportistas se queixam dessa condição. Para se tratar, é necessário focar em fisioterapia, anti-inflamatórios e demais recomendações médicas, como repouso e gelo no local. Outra medida é manter uma dieta rica em alimentos que inibem a inflamação, por exemplo: peixes, frutas ácidas e vermelhas.

Condromalácia patelar

Este é um exemplo de dores articulares provenientes do desgaste da articulação do joelho. Desse modo, os sintomas são vermelhidão no local, ardência, inchaço e uma sensação de crepitação que gera bastante desconforto.

As principais causas são a idade avançada e o desgaste natural. A depender do grau de deterioração, é possível se tratar com medicamentos, fisioterapia ou cirurgia. Além disso, o paciente pode focar na utilização de nutracêuticos sob orientação médica.

Neste conteúdo, conhecemos as principais causas de dores articulares e a melhor maneira de tratá-las. Contudo, é fundamental que você visite o seu médico e conte com ajuda de boas práticas capazes de auxiliar na eficácia do seu tratamento.

Continue conosco e veja como escolher a melhor farmácia de manipulação em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima