Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Você sabia que existem diferentes tipos de celulite? Veja aqui!

A manutenção da saúde e da beleza da pele depende de cuidados diários. Além disso, é essencial manter um estilo de vida saudável e optar por uma alimentação que valorize o bom funcionamento do seu corpo. Isso porque o consumo de alguns alimentos em excesso pode causar os temidos buraquinhos no corpo. Sob esse ponto vista, vamos aprender hoje sobre os principais tipos de celulite.

O gerenciamento de peso é uma das preocupações mais presentes no cotidiano das pessoas. No entanto, é possível amenizar os efeitos do problema de uma maneira segura, sem receitas milagrosas. Basta entender qual é o grau da sua celulite e seguir os tratamentos corretos.

Diante dessas circunstâncias, trouxemos nos tópicos abaixo os graus, tipos e outras informações pertinentes sobre a celulite. Por isso, continue conosco para expandir seu conhecimento sobre o assunto.

Os principais tipos de celulite

Antes de saber como tratar o problema, é necessário aprender os tipos de celulite. Afinal, essa é uma informação muito importante antes de iniciar qualquer tratamento. Logo, confira quais são os principais.

Celulite dura

Em geral, a celulite dura está presente no corpo de pessoas que realizam atividades físicas regularmente e dispõem de músculos definidos. Além disso, é comum a presença de incômodo no indivíduo toda vez que tocam nela.

Celulite flácida

Enquanto a celulite dura aparece em pessoas que se exercitam com frequência, a celulite flácida se manifesta em quem apresenta um estilo de vida sedentário. Também acomete homens e mulheres que passam pelo efeito sanfona ou perderam peso de maneira muito rápida. Entretanto, não causa dor ao tocar.

Celulite edematosa

A celulite edematosa é a mais grave entre todos os tipos de celulite. Suas principais causas são a retenção de líquido e o uso de anticoncepcionais, e a pele fica com um aspecto de casca de laranja. Além disso, ela provoca sintomas como cansaço e fadiga.

Os graus de celulite

Agora que você aprendeu sobre os tipos de celulite, chegou o momento de conhecer os principais graus.

  • De início, há o nível 1, considerado leve. Afinal, os furos são minúsculos e não chegam a ser palpáveis ou visíveis.
  • Já o nível 2 deixa a pele com menos elasticidade e começa a ser perceptível a formação de edemas na região.
  • No 3° grau ela é vista como intensa, pois fica totalmente visível e já apresenta sinais de inchaço.
  • Por último, há o grau 4 de celulite, quando é considerada muito dolorosa e grave. Assim, a circulação se compromete e até a realização de exercícios pode colocar o indivíduo em uma situação de risco.

As causas da celulite e os principais tratamentos

A celulite costuma ser um aspecto do corpo que muitas pessoas associam ao sedentarismo e à obesidade. No entanto, também existem outros aspectos que promovem o aparecimento desses furinhos. Os principais exemplos são:

  • fatores genéticos ou hormonais;
  • anticoncepcionais;
  • gravidez;
  • disfunções intestinais;
  • distúrbios circulatórios;
  • tabagismo;
  • excesso de álcool;
  • consumo de comidas que levam muito sal ou açúcar.

As alternativas de tratamento são a drenagem linfática, a radiofrequência, o laser, o raio infravermelho ou produtos que podem ser usados para amenizar os efeitos na pele. São, portanto, cremes que dispõem de ativos capazes de ajudar na eliminação da celulite, como o Ácido Salicílico, a L-Carnitina e o Extrato de Lótus.

Neste conteúdo, você aprendeu quais são os tipos de celulite. Em todo caso, antes de iniciar qualquer tratamento, procure o seu médico para que ele proponha uma solução eficaz que se adéque completamente ao seu quadro.

Gostou das informações? Que tal compartilhar o artigo nas redes sociais para que seus amigos também possam entender as soluções para o problema?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima