Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Conheça dicas para desintoxicar o fígado através da alimentação

Você já parou para pensar em como desintoxicar o fígado? Afinal, os processos para eliminar as toxinas do organismo são essenciais para nossa saúde. Ainda mais nessa época em que cometemos excessos nas festas de fim de ano, provocando sobrecarga no organismo. Logo, é essencial fazer um detox para retomar a rotina com total disposição.

Assim, ter bons hábitos alimentares é uma das principais formas de alcançar esse objetivo, além de alcançar outros benefícios para a saúde, de maneira geral. Afinal, as toxinas em circulação no organismo provocam diversos problemas, como envelhecimento precoce, surgimento de acne, estresse oxidativo das células, dificuldade no processo de emagrecimento, entre outros males.

Sobretudo, como o fígado é um dos principais órgãos que atuam como um filtro no corpo, ele pode ficar sobrecarregado caso as toxinas não sejam expelidas. Portanto, se você deseja melhorar sua saúde, descubra como desintoxicar o fígado por meio da alimentação. Continue a leitura e entenda detalhadamente.

Veja porque é importante desintoxicar o fígado

Esse é um órgão essencial para as funções metabólicas do corpo humano, atuando como um depurativo do sangue e coadjuvante na digestão dos alimentos. Por exemplo, é o responsável por transformar o açúcar em glicose, armazenar vitaminas e outras funções vitais.

Contudo, a maior delas é fazer a filtragem sanguínea e enviar as toxinas para os rins, posteriormente, excretando-as pela urina. Inegavelmente, ter uma alimentação saudável contribui para a desintoxicação do órgão, logo, é essencial para manter o equilíbrio da saúde.

Descubra os sinais de que o fígado precisa de uma desintoxicação

Costumeiramente, os sintomas são dor abdominal e inchaço na região onde o órgão está localizado. Todavia, isso pode variar em cada pessoa, pois as causas são diversas, como:

  • fígado gordo;
  • excesso de bebidas alcoólicas ou de uso de medicamentos;
  • hepatite;
  • cirrose;
  • esquistossomose;
  • entre outras.

Além disso, maus hábitos alimentares, como consumo de frituras, comidas com muita gordura e alimentos muito processados contribuem para debilitar a saúde do fígado.

Dessa forma, se sentir alguns dos sintomas abaixo, é indicado procurar um médico: 

  • dor na região superior direita da barriga;
  • vômitos ou tonturas frequentes;
  • dor de cabeça frequente;
  • cansaço frequente;
  • manchas roxas sem motivos no corpo;
  • cor amarelada nos olhos ou na pele;
  • urina amarela escura;
  • perda de apetite;
  • fezes amareladas, cinzentas ou esbranquiçadas;
  • coceira em todo o corpo.

Confira os alimentos que ajudam a desintoxicar o fígado

Existem diversos alimentos que podem ser inseridos no cardápio para ajudar no processo de desintoxicação do fígado. Fique atento, pois alguns deles em excesso podem provocar outros problemas.

Entre os principais estão:

Maçã

Especialmente a maçã verde é rica em fibras, que auxiliam a eliminação de impurezas por todo o intestino. Ademais, também é um alimento rico em antioxidantes, que protegem o fígado de radicais livres. Entretanto, ao escolher qualquer fruta, dê preferência às orgânicas, por conta da adição de possíveis agrotóxicos.

Chá-verde

Essa é uma bebida igualmente rica em antioxidantes. Ela ajuda a acelerar as atividades do órgão em questão, aumentando a síntese das enzimas que ajudam na desintoxicação. Além disso, proporciona perda de peso, por acelerar o metabolismo.

No entanto, outros tipos de chás são benéficos por serem fitoquímicos, melhorando a circulação e facilitando a desintoxicação do organismo. São eles: o boldo, com ação protetora sobre as células hepáticas, porque tem a substância boldina que estimula a produção e expulsão da bile. Dessa maneira, ajuda o intestino a assimilar mais a gordura antes que vá para o fígado.

Ainda, há o cardo-mariano que auxilia no tratamento da gastrite, diabetes, artrite e até Alzheimer. Entretanto, é destaque na recuperação hepática, visto que pode proteger e estimular o funcionamento das células do fígado. Logo, o indicado é beber duas xícaras desses chás por dia, pois o excesso também pode prejudicar o órgão.

Gengibre

Essa raiz tem propriedades anti-inflamatórias, digestivas e antimicrobianas, melhorando a digestão de gorduras e a limpeza do intestino, o que facilita o trabalho do fígado. Pode ser consumido com chás e sucos.

Alho

Um dos temperos mais comuns no Brasil, ele é rico em enxofre. Esse mineral é essencial para a proteção do sistema imunológico. Aliás, contém duas substâncias naturais, a alicina e o selênio, que limpam o fígado e o protegem de danos tóxicos.

Beterraba

Esse é um dos alimentos mais nutritivos, com propriedades positivas em qualquer dieta. A saber, as betalaínas, substâncias que dão a esse alimento sua cor característica, são essenciais para o reparo e a regeneração do fígado.

Brócolis

Também extremamente nutritivo, previne o excesso de gordura no fígado, pois seus nutrientes atuam no metabolismo e no controle da pressão arterial. Pode ser ingerido em saladas, assado, refogado ou no meio de uma torta.

Couve

Essa hortaliça faz parte de diversas receitas de suco detox e existem ótimos motivos para isso. Além de ter fibras na sua composição, há ainda um antioxidante chamado glutationa, que purifica as vias que levam o sangue ao fígado.

Própolis

Produzido pelas abelhas, tem propriedades anti-inflamatórias e antibióticas que aceleram a eliminação das toxinas no corpo. Inclusive, auxilia na digestão e estimula a cicatrização de machucados.

Limão

Essa fruta tem muitas vitaminas e polifenóis que são benéficos à saúde, por sua ação depurativa do sangue e do fígado. Ademais, é anticancerígena, anti-inflamatória, diurética, antisséptica, antimicrobiana e protetora cardiovascular. Geralmente, utiliza-se o limão como auxiliar no tratamento de resfriado e gripe. Ele pode ser consumido em forma de suco ou espremido em saladas.

Café

O consumo regular dessa bebida atua na redução da inflamação no fígado, bem como evita risco de cirrose e câncer. Seus efeitos diminuem a deposição de gordura no órgão, elevação do colesterol bom e da adiponectina.

Oleaginosas

Amêndoas, nozes, castanha, amendoim, castanha-do-pará, avelã, semente de chia, girassol, linhaça, abóbora e gergelim são ricas em ômega-3, vitamina E, complexo B e minerais. Aliás, têm fibras que minimizam a absorção da gordura no intestino e aumentam o colesterol bom, com isso, protege o fígado.

No entanto, essas oleaginosas são calóricas. Logo, é aconselhável consumir em pequenas porções para ter seus benefícios. Você pode usá-las nos períodos de lanches com iogurte ou frutas. Também, acrescentar em saladas ou bolos.

Água

Inegavelmente, a água é a melhor forma de desintoxicar o corpo e o fígado. Portanto, busque seguir a recomendação do consumo de dois litros por dia.

Fitoterápicos

Para a desintoxicação do organismo e eliminação das substâncias nocivas, você pode contar com a ajuda de fitoterápicos, como por exemplo o  Drenow C®. Trata-se de um fitoativo que tem poder diurético e antioxidante.

A retenção de líquidos é um problema frequentemente associado à alimentação inadequada e às mudanças hormonais, que contribuem com o aparecimento e agravamento da celulite, dores/cansaço nas pernas, além da mudança das medidas corporais, o que gera um aspecto estético negativo e indesejado.

E, ainda, pode causar desequilíbrios hemodinâmico e hidroeletrolítico, que podem agravar doenças cardiovasculares e comprometer outros sistemas do organismo. Em sua composição, estão diferentes espécies vegetais ricas em fitoativos com atividades sinérgicas sobre a função renal, representadas pelo aumento da diurese e redução da retenção hídrica, o que pode contribuir com o tratamento de desordens estéticas como celulite, do edema característico da tensão pré-menstrual e de outras doenças, como a hipertensão arterial.

Agora que você já sabe como desintoxicar o organismo com a alimentação, coloque as dicas em prática e ganhe saúde!

Se você desejar, clique aqui para conversar com nossa equipe especializada sobre os produtos que você conheceu neste artigo.

15 comentários em “Conheça dicas para desintoxicar o fígado através da alimentação”

  1. Muito esclarecedor, importante saber que a alimentação pode prevenir de desenvolvermos problemas de saúde. Parabéns pela iniciativa de colocar estas informações em evidência.

  2. Achei muito bom, informações importantes que podemos utilizar na alimentação e melhorar de diversas doenças, como o diabetes. Grata por sua atenção.

  3. Valdenize Albuquerque

    Problemas no fígado é complicado.
    É um órgão que exige muito cuidado, suas funções são vitais para outros órgãos.
    Quero agradecer pelas dicas orientativas.

  4. Maria Cláudia Santana marrique

    Bom dia,eu amei o que vcs postaram ,sobre a limpeza do fígado ,estou precisando urgente de limpeza de fígado passei no médico e no meu exame de gordura no fígado e até um nódulo , calcificado estou preocupada pois comecei a sentir dor do lado direito no local , estava em busca ,de dicas que pudesse me ajudar de alguma forma ,no processo de limpeza do fígado , muito obrigada a todos pelas dicas valiosas vou colocar em prática tenham um ótimo dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima