Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Conheça 4 tipos de ácido para pele e suas funções

Cuidados com a pele e o desenvolvimento de novos produtos, frequentemente, são pautas dos médicos dermatologistas e esteticistas. Com isso, os dermocosméticos estão cada vez mais evoluídos e tecnológicos, oferecendo soluções inovadoras para os problemas de pele. Há no mercado diferentes tipos de ácido para a pele, capazes de combater diversos problemas cutâneos, evitando o envelhecimento precoce.

Ademais, ácidos são ativos com diversas funções, mas a principal é renovar as células e esfoliar a pele. Dessa forma, eles aceleram o processo natural de renovação celular e e estimulam a produção de colágeno e elastina. A saber, eles têm apresentação em formato de gotas, séruns ou  podem ser adicionados aos cremes hidratantes.

Sobretudo, os tipos de ácido para a pele se diferenciam pelas funções e concentrações. A seguir, você conhecerá quais são os principais.

1. Ácido hialurônico

Ácido hialurônico é um componente natural da nossa pele. Ao longo dos anos, a sua perda é algo natural. Porém, sua escassez causa rugas e linhas de expressão. Ele é responsável por manter a firmeza, a elasticidade e a hidratação da pele, e também promove a manutenção das fibras de colágeno.

Inegavelmente, usar hidratantes com ácido hialurônico na composição ajuda a manter o viço e elasticidade da pele, além de suavizar as rugas e linhas de expressão.

2. Ácido ascórbico (Vitamina C)

A vitamina C atua principalmente no combate à oxidação das células. Com isso, evita o envelhecimento precoce e melhora a textura da pele. Outro benefício desse ácido é intensificar a ação do protetor solar e estimular a produção de colágeno, proteína responsável pelo viço, firmeza e jovialidade da pele. Além disso, os dermocosméticos com vitamina C ajudam a atenuar as manchas na pele. Clique aqui para ler outro artigo sobre as vitaminas essenciais para uma pele jovem e saudável.

3. Ácido salicílico

É um poderoso esfoliante e regulador do sebo da pele, o que diminui o espessamento da cútis. Além disso, tem propriedades anti-inflamatórias, que evitam a contaminação por bactérias e fungos. Promove também a renovação celular  e tem frequente prescrição no tratamento da acne.

4. Ácido retinoico, derivado da vitamina A

É outro estimulador de colágeno, atua promovendo aumento da firmeza da pele e prevenindo o aparecimento de rugas e linhas de expressão. Por estimular a renovação celular, deixa a pele mais fina e também dá a ela um tom mais uniforme. Geralmente, é utilizado em peelings para retirar as manchas da pele e contornar o envelhecimento precoce.

Quais cuidados observar ao usar ácido para pele?

Sem dúvidas, além de conhecer os tipos de ácido para a pele, é preciso conhecer os cuidados para utilizá-los. Sobretudo porque são substâncias que, se usadas de forma errada, podem causar lesões sérias na pele. Por isso, o ideal é se consultar com o seu dermatologista, que indicará o ácido correto pra seu tipo de problema, bem como sua concentração.

Além disso, outro detalhe importante, é que durante todo o tratamento com ácido, é preciso utilizar o protetor solar. Ácidos deixam a pele muito sensível e ainda mais exposta aos efeitos dos raios UVA e UVB. Primordialmente, só adquira produtos de boa procedência.

Então, gostou de saber sobre os principais tipos de ácido para pele? Como já dissemos, é muito importante contar com ácidos de qualidade para não correr o risco de ter a pele lesionada. Na QualiFarma SP, nós garantimos a qualidade dos seus manipulados! Clique aqui para falar com nossa equipe especializada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima