Qualifarma
Pesquisar
Close this search box.

Crianças no sol: veja como proteger a pele dos pequenos no verão

A chegada dos dias ensolarados causa muita alegria e empolgação nas pessoas. Afinal, o verão é a estação preferida de muitos brasileiros. No entanto, pais e responsáveis devem ter muito cuidado nesse período, sobretudo quando deixam as crianças no sol.

De modo geral, cada época do ano dispõe de características marcantes. Muitos podem até achar que o inverno dispensa o uso do protetor solar regularmente. Contudo, ele deve ser constante durante o ano inteiro, ainda mais no verão. Dito isso, é melhor ampliar o seu conhecimento para não deixar os pequenos expostos ao risco.

Portanto, continue conosco e veja abaixo informações pertinentes para curtir os dias ensolarados sem maiores problemas para a saíude.

A exposição ao sol no verão

O verão é um período cheio de alegrias e vibrações. Não só pelos dias ensolarados e as altas temperaturas, mas pela chegada das festividades de fim de ano e das férias. Dito isso, adultos e crianças desejam curtir praias e piscinas na intenção de relaxar e aproveitar os momentos de lazer.

No entanto, deve existir todo um cuidado com crianças no sol. Afinal, a exposição desprotegida gera sérios danos à saúde, visto que em certos horários há uma maior incidência de raios UVA e UVB e a pele das crianças são mais sensíveis do que a dos adultos.

Sob esse ponto de vista, os pequenos podem se tornar vítimas de vários efeitos nocivos no corpo. Por exemplo, o aparecimento de manchas, queimaduras e até a fotoconjuntivite, já que os olhos também podem ser prejudicados com a exposição solar. Portanto, é essencial ter cautela e contar sempre com protetor solar, óculos, bonés ou chapéus e roupas adequadas.

Os principais cuidados com crianças no sol

Inegavelmente, nós dependemos desse contato para que ocorra a produção de vitamina D, uma vez que apenas a ingestão de alimentos ricos nessa substância não é suficiente. Por isso, pessoas com pele clara precisam de 15 minutos de exposição solar adequada. Enquanto isso, as de pele negra devem passar no mínimo 30 minutos expostas. Mas o cuidado diário precisa ser intensificado principalmente em momentos de lazer com crianças no sol. Então, adote as boas práticas abaixo no seu dia a dia.

Use um protetor solar específico

Como a intenção do corpo não apresentar os efeitos nocivos da incidência de raios UVA e UVB, é recomendável o uso de protetor solar nas crianças 30 minutos antes de se exporem ao sol. Com isso, dê preferência aos protetores com FPS 30, 50 ou 70, a depender do tom da pele. Assim, os pequenos ficam livre dos efeitos dos radicais livres e de possíveis queimaduras.

Invista em camisas com proteção UV

Atualmente, as camisas com proteção UV são uma ótima alternativa para as pessoas que apresentam alergia ao protetor solar ou querem aumentar sua proteção ainda mais. Além disso, elas não dispõem de nenhum composto químico e o uso se adéqua a todas as idades. Por isso, invista na solução para manter as crianças no sol com segurança.

Mesmo com esse cuidado, sempre prefira os horários antes das 10h e depois das 16h para deixar as crianças no sol. Isso porque a incidência solar no período é maior e pode causar queimaduras e levar ao câncer de pele.

Uso de medicamentos

Também é interessante lembrar se a criança está tomando alguma medicação. Afinal, a exposição ao sol, quando combinada a alguns medicamentos, costuma causar reações cutâneas, independentemente da idade. São exemplos os anti-inflamatórios, alguns antibióticos e remédios para diabetes.

Gostou das nossas dicas? Por último, não se esqueça de que é preciso tomar água regularmente e reaplicar o protetor solar a cada 2 horas ou quando sair da água. Assim, você não terá risco com crianças no sol e aproveitará os dias ensolarados sem intercorrências.

A QualiFarma SP contribui com constantes dicas para promover a qualidade de vida de todos. Por isso, compartilhe este post nas suas redes sociais para que mais pessoas possam seguir esses cuidados no verão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima